sábado, 10 de setembro de 2011

"Somos um mar de foguinhos"

glitters


 " Um homem do povoado de Neguá, no litoral da Colômbia, conseguiu subir alto no céu e na volta contou: disse que tinha contemplado , lá de cima, a vida humana. E disse que somos um mar de foguinhos. O mundo é isso, revelou: um monte de gente, um mar de foguinhos. Não existem dois fogos iguais. Cada pessoa brilha com luz própria, entre todas as outras. Existem fogos grandes e fogos pequenos, e fogos de todas as cores. Existe gente de fogo sereno, que nem fica sabendo do vento, e existe gente de fogo louco, que enche o ar de faíscas. Alguns fogos, fogos bobos, não iluminam nem queimam. Mas outros, outros ardem a vida com tanta vontade que não se pode olhá-los sem pestanejar, e quem se aproxima se incendeia."
  
Eduardo Galeano , in  Sangue Latino 


Eduardo Galeano, 1940, é jornalista e escritor Uruguaio. Autor de mais de quarenta livros. Suas obras combinam ficção, jornalismo, análise política e História.



             

Um comentário:

  1. Oi, te procurei no diHITT e não achei. Você gostou
    do site?

    Um abraço.

    ResponderExcluir